Galeria do Rock

Galeria do Rock

O prédio localizado no 439 da Avenida São João é batizado oficialmente de Centro Comercial Grandes Galerias e foi inaugurado em 1963.  De galeria fantasma a palco de briga de gangues, ele abriga atualmente inúmeras lojas dedicadas a cultura de rua, sendo popularmente conhecido com Galeria do Rock.

Destacado por sua arquitetura incomum, comparada com outras que a cercam, a construção se diferencia no centro de São Paulo atraindo cerca de 25 mil visitantes por dia. Muitos desses são turistas que elegeram a galeria como um ponto de visitação, sendo possível fazer passeios guiados às sextas e sábados – https://www.facebook.com/galeriadorockwalkingtour/

Fachada da Galeria do Rock

Na foto acima a guia Bruna – https://www.facebook.com/bruna.gramolelli – mostra que em outros tempos a porta de aço que fecha a galeria, não existia.

Os corredores foram pensados para ampliar a área disponível aos visitantes, posicionando as lojas em suas laterais.  Além disso, aberturas nas lajes permitem o fluxo de ar entre os andares contribuindo para a refrigeração.  É difícil imaginar que tal beleza arquitetônica tenha sido no passado palco de brigas entre gangues rivais e que somente após a intervenção de uma nova administração o Grandes Galerias finalmente conquistou o status de ponto turístico.

Corredores da Galeria do Rock

Sendo tombado pelo patrimônio histórico, o prédio mantém muitas de suas características originais.  Uma delas é o revestimento dos pisos onde cada pavimento é coberto por um padrão diferente, criando um efeito de “camadas” para quem os olha por cima.

A escadaria da Galeria do Rock

Anos de histórias permeiam cada canto desse centro comercial onde superação, reinvenção e trabalho duro o tiraram do ostracismo da década de 70 e o trouxeram altivo a década de 10 do século XXI.

Você pode ver a galeria de fotos desse passeio no meu Flickr.  Clique Aqui.

Tags , , , , , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Deixe uma resposta